O Conselho Nacional de Dança Desportiva – CNDD, realizou o primeiro campeonato brasileiro CNDD Breaking Sport. Que aconteceu no CC Tendal da Lapa na cidade de São Paulo nos dias 18 e 19 de novembro e foi o primeiro campeonato brasileiro de Breaking da história olímpica, já dando início a fase de ranqueamento nacional para o ciclo olímpico de 2024.

O evento, organizado pelo Departamento de Breaking CNDD, contou com a presença e participação de mais de 150 atletas de de 18 estados, e das cinco regioes do país.

No primeiro dia a pré seleção das categorias 1 vs 1 masculina e feminina trouxe novas revelações do cenário nacional não só na categoria principal como também na categoria Kids.

O segundo dia, transmitido pelo Canal Olímpico, o top 8 dos melhores b.boys e b.girls/atletas do Brasil disputaram o pódio.

Estreando o sistema de julgamento oficial no Brasil, o Departamento de Breaking CNDD trouxe alguns dos principais árbitros internacionais e também membros da equipe de gerenciamento de eventos da qualificação para Paris 2024, da World Dance Sport Federation- WDSF, entidade internacional responsável pela regulamentação do Breaking e da Dança Desportiva, filiada ao Comitê Olímpico Internacional.

– Max Oliveira (Portugal) como WDSF Breaking Event Management Specialist;
– MG (Eslováquia) como Especialista do Sistema de Classificação de Breaking do WDSF;
– Bojin (Taipei Chinês) chefe da WDSF
Breaking Division – Membro do Presidium com plenos direitos de voto.
– Kadoer (Espanha)
– Dora (Hungria)
– Migaz (Brasil) da Comissão de Arbitragem do CNDD.

Na categoria feminina as campeãs foram: B.girl Toquinha de São Paulo ficou com a medalha de ouro, a b.girl Mini Japa de Belém do Pará conquistou a medalha de prata, e o bronze ficou também em São Paulo com a B.girl Fran.
No masculino os campeões foram: b.boy Luan San de São Paulo com a medalha de ouro, b.boys Leony levou para o Belém do Pará a medalha de prata, e o bronze foi para Minas Gerais com o b.boy Rato EVN.
Na categoria Kids os campeões foram: B.boy Samukinha (13) de Goiás conquistouo ouro, a b.girl Mary D (12) de São Paulo ficou com a medalha de prata e a b.girl Angel (11) também de São Paulo, com a medalha de bronze.

Personalidades do esporte e da dança desportiva estiveram presentes para prestigiar o Campeonato Brasileiro de Breaking, Arthur Bittencourt (gestor do COB), Anders Pettersson
(Membro Conselho COB
Presidente CBDN), Diogo Silva (medalhista olímpico, membro da CACOB e padrinho da modalidade Breaking no Brasil), Patric Tebaldi (Presidente do CNDD), Dra. Soraya, Maricelia, Carla Lazzazera, Marcos Pena e William Miyashiro (membros da diretoria do CNDD), além da diretoria das federações de Breaking do estado do Amapá, São Paulo, Brasília. Após o campeonato Brasileiro, o CNDD iniciará o processo de filiação das federações objetivando parcerias no processo de desenvolvimento e formação de base nos estados.

O campeonato brasileiro de Breaking trouxe um diferencial onde o Brasil foi pioneiro apresentando um evento com regramento esportivo agregando a parte cultural, onde o público pôde vivenciar e conhecer o Breaking como esporte na sua pura essência cultural.

CNDD Breaking Sport Joinville

Visite nosso Blog